HISTÓRIA DA TEOLOGIA CRISTÃ - Parte 6

Policarpo

O pai apostólico Policarpo, natural de Esmirna, recebeu bons conselhos de Inácio de Antioquia. Morreu da mesma forma que o seu discipulador, ou seja, lançado às feras. A diferença é que seu martírio não foi realizado em Roma, mas aconteceu em sua própria cidade, por volta de 155. Há quem sustente que Policarpo foi sentenciado à fogueira.

Policarpo escreveu várias cartas destinadas às diversas comunidades cristãs, porém a única preservada foi uma dirigida aos cristãos de Filipos, conhecida como “Carta de Policarpo aos Filipenses”. Entretanto, não há muita relevância teológica nessa missiva.

Policarpo, como todo bom cristão, defendeu a encarnação, morte e ressurreição de Cristo, refutando as heresias docetistas e gnósticas.

Apesar de Policarpo não nos deixar um extenso legado literário, sua fé e sua dedicação na obra do Senhor continuam a nos fortalecer, servindo-nos de exemplo e incentivo para que possamos continuar caminhando consoante a vontade do Senhor.

Disse Jesus: “Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. Na verdade, na verdade vos digo que não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou. Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes” (Jo 13:15-17).

Que o Senhor nos abençoe e nos guarde.
Monteiro

2 comentários:

  1. Muito legal, esses "heróis da fé" nos motivam a seguir entregando cada dia ao nosso Deus, eu não conhecia a história, parabéns pelo blog! Fica na paz!

    ResponderExcluir
  2. Ola, bela postagem, seu blog e muito legal, ja to seguindo, ate mais fica com Deus.

    Espero você em meu blog para seguir e comentar.
    http://www.blogchequemaster.com

    ResponderExcluir

Mensagens populares

SEGUIDORES

Total de visualizações